79 3022-3355 | contato@impacto.com.br
     

Você decidiu que você e sua família merecem ainda mais conforto e tranquilidade, já que o local em que vocês moram, apesar de carregar doces lembranças, não se adéqua mais à realidade e necessidades atuais. Mas e agora, como escolher o imóvel ideal? Para te ajudar a tomar essa decisão, nós separamos 6 dicas valiosas. Vem ver!

  1. Leve em consideração o tamanho da sua família

Quando você decide comprar um imóvel é preciso levar em conta as necessidades e demandas de todos os membros da família. Especialmente hoje, a gente sabe que cada família é única; ou seja, a configuração da estrutura familiar é bastante variada. Uma família pode ser composta de apenas duas pessoas, como também pode ser a união de 10. E em ambos os casos, as necessidades são completamente diferentes!

Por isso, é imprescindível ter o cuidado de observar todos os aspectos essenciais para que você e as pessoas que você ama possam viver com conforto. Afinal, não observar esses detalhes pode, inclusive, prejudicar a qualidade de vida de todos. E não é isso que você quer né?

Já imaginou as brigas matinais para usar o banheiro, se a casa não tiver mais de um? Esse e outros itens precisam ser pesados na hora de escolher o tamanho do imóvel que você vai adquirir, para que essa decisão seja motivo de alegria na sua vida e não, de arrependimento.

  1. Localização com fácil acesso

Um ponto muito importante a ser considerado é o local em que você vai morar. O bairro precisa atender às suas necessidades e, principalmente, ser de fácil acesso. Afinal, você não vai querer enfrentar dificuldades para chegar em casa todos os dias, não é mesmo?

Há regiões que oferecem acesso facilitado, além de já possuírem uma estrutura confortável, com estabelecimentos e empreendimentos próximos. Claro que pode ser uma boa, por exemplo, estar próximo de um hospital, mas também não do lado, devido à movimentação que ele gera.

Assim, tente encontrar um imóvel que tenha opções que atendam às suas necessidades e que estejam a uma distância da sua casa que faça com que você tenha o menor estresse possível.

  1. Condomínios completos oferecem vantagens

Morar num condomínio tem muitas vantagens. Se o condomínio for do tipo completo, então, os pontos positivos duplicam! A primeira vantagem é saber que você nunca está, de fato, sozinho. Saber que em qualquer problema que você tiver, até mesmo de saúde, você pode contar com o aporte dos vizinhos, traz uma indescritível sensação de segurança.

Além disso, muitos condomínios oferecem diferenciais irresistíveis. Ou seja, te dão acesso a coisas que, morando em uma casa, por exemplo, você teria mais dificuldade de ter. Os diferenciais incluem itens como vagas para visitantes, guarita de segurança, sala de reuniões, piscina, praça de convivência, churrasqueira (tem até com forno de pizza!), salão de festas e muitas, muitas outras comodidades.

  1. Busque um lugar tranquilo

Um item de extrema importância para pensar quando se está escolhendo um imóvel é a tranquilidade que ele é capaz de oferecer. Ainda que você seja do tipo que gosta de bairros com barzinhos e afins, lembre-se: sua casa é o único lugar em que você pode recarregar suas baterias e renovar as energias para enfrentar os compromissos e responsabilidades que a vida lhe impõe.

Portanto, é preciso pensar como é aquele local no domingo de manhã? Ou como a vizinhança costuma se portar; será que lhe agrada e agradaria à sua família? Você tem filhos pequenos, ou está no seu planejamento familiar ter mais filhos em breve? Avalie bem e não esqueça que poder usufruir de tranquilidade num mundo em que você precisa constantemente estar em ação é um privilégio!

  1. Investimento

O imóvel que você vai adquirir, além de ser o lar da sua família é também um investimento. As pessoas sempre vão precisar de um local para morar, o que faz com que, mesmo na maior das crises, sempre exista demanda por imóveis. Além disso, este tipo de investimento está imune à quebra de bancos e não pode ser congelado pelo governo, como é o caso da poupança.

Quando a inflação está alta, o mercado fica mais instável e o futuro pode parecer incerto, mas os imóveis sempre se apresentam como um porto seguro para o seu dinheiro. Qualquer que seja a crise econômica, seu bem permanece como uma reserva patrimonial sólida, capaz de garantir que o dinheiro seja preservado e ainda possa render bons frutos ao longo do tempo. O investimento até pode ser alto, mas é um investimento que vai lhe fornecer um patrimônio para a vida toda.

  1. Praticidade para a rotina

O imóvel que você vai adquirir tem que trabalhar a seu favor e não o contrário. Ele precisa estar afinado com suas necessidades de tal forma que agregue praticidade à sua rotina. Por isso, condomínios de apartamentos são uma ótima opção, já que eles já vêm, como falamos aqui, equipados com várias comodidades.

Não é à toa que compra de apartamentos em condomínios fechados vem aumentando. A classe média está migrando em massa para apartamentos. As razões são diversas, mas fatores como maior sensação de segurança, praticidade e disparada nos preços dos terrenos e de casas fazem com que morar em apartamento seja a primeira opção da grande maioria.

Quer saber onde morar em Aracaju? Veja algumas opções aqui.

 

 

     

Deixe seu telefone que ligamos para você.

Entre em Contato.